Poker Blinds, como lidar com essa mecânica?
Dicas de pokerEstratégia

Poker Blinds, como lidar com essa mecânica?

Home / Blog & News / Poker Blinds, como lidar com essa mecânica?
April 09, 2021 11:33 am | por DM Créditos

Dentro do poker, existem certas regras que permeiam qualquer modo, tudo para que o jogo mantenha as suas bases. Pelo poker ser um jogo baseado num sistema de apostas, existem certas regras para trazer equilíbrio ao jogo. 

Essas regras podem ser resumidas em duas principais. Uma sendo o sistema de ordem das cartas, junto com as suas sequências. Enquanto isso, a segunda regra é sobre o que iremos abordar neste artigo, os poker blinds. Conheça sobre essas regras e como elas influenciam dentro do jogo.

O que é Blind?

Poker blinds é um sistema para auxiliar as apostas e equilibrar o jogo. Ele é definido da seguinte forma, ao começar uma partida, dois jogadores são escolhidos, de acordo com a sua posição na mesa.

Esses jogadores são chamados de Dealer, Small Blind e Big Blind, ou somente pelas siglas SB e BB. As duas funções ficam mudando, a cada rodada, a fim de todos exercerem elas. Essas funções são baseadas nas apostas e para explicar melhor, veja abaixo:

  • Dealer – É o responsável por embaralhar, dar as cartas e abrir o flop, turn e river. Nas partidas online e em campeonatos grandes, o Dealer é uma pessoa fora da mesa, a fim de acelerar o jogo e anular o risco de trapaças.
  • Small Blind – Ele fica à esquerda do Dealer, normalmente ele terá um botão escrito SB. Ele sempre será o primeiro a fazer apostas e na rodada inicial, ele tem a obrigação de fazer uma aposta obrigatória, no valor de metade do mínimo pedido. 
  • Big Blind – Ele fica à esquerda do SB e faz uma aposta obrigatória na rodada inicial. Porém com a diferença que ele aposta o valor mínimo, ao invés da metade. 

Os valores podem ser fixos ou vão aumentando periodicamente. Em grandes campeonatos, existe uma ferramenta chamada de ante, que não deve ser confundida como os binds. Ante é uma ferramenta, onde todos os jogadores, não importa se é SB, BB ou qualquer outro, deve fazer uma aposta. Dessa forma, a mesa da uma movimentada e fica resguardada de jogadores ausentes. 

Modos de jogar usando os binds

É normal ver em algumas partidas profissionais, o cálculo do stack em BB. Raramente um jogador de alto nível, vai falar seu stack em número de fichas e sim quantos BB ele tem. A forma de calcular isso é bastante simples, basta saber quantas fichas você tem e dividir pelo valor do BB.

Entretanto, você conhece o motivo de fazer a contagem dessa forma? Por mais simples que seja, muitos jogadores podem não conhecer, porém é para ajudar a contagem e saber o “tempo de vida” na mesa. Dependendo de quantos BB um jogador possui, sua estratégia será diferente, ou até quem ele irá mirar na partida.

Esse tal de “tempo de vida” é extremamente importante, pois devido as apostas mínimas serem nos valores do BB, praticamente todas as demais apostas serão calculadas em quantos BB é aquele valor. Com isso, dá para saber até quando um jogador pode ir apostando e tentar adivinhar a linha de raciocínio do mesmo.

Existem táticas de blefe envolvendo quantidades de BB, pois caso um jogador aposte menos, pode correr o risco de ninguém cair no blefe. Enquanto de for superior, ninguém vai acreditar e todos irão ‘foldar’.

Conheça no decorrer desse artigo, algumas táticas e dicas de como jogar com os blinds.

Apostando em cima do seu blind

Ao se ter noção de quantos blinds possui, o jogador pode começar a montar certos tipos de estratégias. Jogadas defensivas são executadas principalmente quando a mesa está contra você. Seja por conta de ter um stack menor ou por conta de que, dois ou mais jogadores, estão te atacando.

As jogadas mais agressivas, aquelas onde se blefa mais e busca desestabilizar um jogador, são feitas nos stacks maiores. Uma das táticas executadas em stacks maiores é a de sugar as fichas de um determinado jogador. Basta analisar a mesa, verificar o jogador com perfil adequado e começar a apostar em cima dele.

O detalhe mais importante, ao se jogar com seus blinds, é saber os momentos em que o jogo começa a virar. Verificar quando um jogador começou a crescer e a hora de aumento dos blinds, é essencial ao se montar qualquer planejamento.

Uma dica de profissionais é saber se o aumento dos blinds vai coincidir com a sua hora de ser um BB. Ao saber desse momento, o jogador consegue saber se ele está fraco ou pode dar uma arriscada maior. Muitas vezes, nesse momento, o BB costuma não se arriscar, pois ele pode sofrer muito com a derrota.

Nas viradas de mesa, quando se junta os jogadores de mesas diferentes, pode ocorrer uma mudança bem grande nos blinds. Pois, com a chegada de novos jogadores, ocorre uma mudança de dinâmica e jogadores com novos stacks.

Estratégia de blefes com blinds

Grande parte das estratégias envolvendo blefes, usam o sistema de blinds. Os jogadores usam determinada hora da partida e observam o stack de quem ainda está na mesa. Com isso, é possível apostar e tirar da mesa, aqueles jogadores que podem não estar com um bom jogo.

A mais conhecida é a Triple Bet, que normalmente é usada no final da partida. No momento do River, o jogador observa o andamento da mesa e verifica o stack de cada jogador. O Triple Bet consiste em fazer uma aposta inicial, no valor de três vezes a quantidade do Big Blind.

Assim, os jogadores que não possuem certeza da sua mão ou que estavam blefando, acabam desistindo. Por ser uma estratégia comum, muitos jogadores conseguem notar assim que ela é feita e se aproveita em cima dela.

Esse aproveitamento pode ocorrer quando você tem uma mão muito forte e o seu oponente blefa com um Triple Bet. Assim, você fará um Triple Bet, em cima do Triple Bet do oponente, fazendo com que o acúmulo de apostas.

Administrando os seus blinds

A administração e manutenção dos seus blinds é essencial para um bom jogo. Assim como existem modos de se jogar com momentos ruins. Estar com poucas fichas necessita de um planejamento adequado. Saber o que fazer nessas horas é crucial para se manter vivo e conseguir reverter a situação.

Uma prática comum é diminuir o range das combinações, ou seja, se o jogador costumava se arriscar mais, com combinações mais fracas, ele irá parar de fazer isso. Outra prática e a mais arriscada, é do ‘all in’.

A estratégia de fazer ‘all in’ é muito arriscado, porém pode resultar num acúmulo de blinds bem interessante. Vale a pena ressaltar que toda essa estratégia é movida a um risco alto. Ir direto para esse modo de jogar, sem antes avaliar sua mão e os riscos, é o mesmo que desistir do jogo.

Outra forma de conseguir administrar bem os seus blinds, é verificar o tempo de virada. Esse tempo é definido de acordo com cada campeonato, assim, os jogadores conseguem se planejar previamente. Toda virada de tempo traz menos blinds aos jogadores e aqueles que estão em desvantagem, começam a serem sugados da mesa.

Existem diversos jogadores que, ao virar o tempo, perderam todas as suas fichas, simplesmente pelo fato do aumento do Big Blind coincidir com sua vez de ser o BB. Essas contagens ajudam os jogadores a se prepararem e anteciparem essas viradas.

Por exemplo, jogadores costumam usar a posição de BB para não jogar e aproveitar da próxima rodada, onde ele será o último a tomar uma ação. Ser o último a apostar, principalmente quando se está numa situação desfavorável, é importante. Pois, dessa forma, o jogador terá tempo de analisar a mesa e ter certeza da sua aposta.

Treine diversos tipos de cenários

Treinar os cenários diversos é a melhor forma de aperfeiçoar uma estratégia. Jogadores profissionais costumam jogar múltiplas partidas, com os mais diversos stacks, tudo a fim de treinar e lucrar.

Alguns profissionais gostam de jogar torneios em diferentes tempos, para que ele tenha diferentes cenários. Entretanto, não são todos os jogadores que possuem todo o suporte tecnológico para jogar longos torneios e por um longo período de tempo.

Os cenários escolhidos para se treinar, normalmente, são três: o perfeito, o normal e o desfavorável. O cenário perfeito é aquele onde o jogador domina a mesa, com um stack de blinds muito superior ao dos oponentes.

Esse cenário, por mais favorável que seja, envolve muito planejamento, pois é muito fácil perder as fichas. Normalmente, o que se costuma fazer é aumentar o range das cartas e começar a ser mais agressivo. Abusar de jogadores com stacks pequenos é algo bem comum também.

Cenário normal

O cenário normal é aquele onde o jogador possui um stack num tamanho semelhante aos dos demais jogadores. Nesse momento, o jogador deve se resguardar, não fugindo das estratégias iniciais. Quando se encontra em uma situação boa, começa a jogar agressivamente para cima dos oponentes.

No cenário desfavorável é o momento mais crucial do jogador. Alguns torneios oferecem opções de ‘rebuy’ e ‘add on’. O rebuy é quando o jogador eliminado pode entrar novamente no torneio, pagando uma certa quantia. Ele entra com a mesma quantidade de fichas oferecidas no início do torneio.

O add on é uma forma de adquirir a quantidade de fichas oferecidas no início do torneio, sem ter perdido tudo no torneio. Dessa forma, o jogador não precisa ser eliminado e consegue recuperar, ao menos um pouco, o seu stack.

Entretanto, caso o jogador já tenha utilizado uma ou mais dessas opções, ele terá que contar apenas com o seu jogo e buscar jogar mais seguro.

Gostou das dicas? Nós, da DM Créditos, oferecemos o melhor acervo de fichas e plataformas online. Entre em contato conosco e conheça os nossos benefícios.

Nossos canais de atendimento são:

💻 http://www.dmcreditos.com.br/

💻 Facebook | DM Créditos

📲  Whatsapp: (31) 9 8472-3490